Santos Silva faz hoje primeira visita à comissão parlamentar de Defesa

Foto
Esta será a primeira de quatro reuniões que cada ministro tem de cumprir por cada sessão legislativa Raquel Esperança (arquivo)

Esta será a primeira de quatro reuniões obrigatórias que cada ministro, de acordo com o Regimento da Assembleia da República, tem de cumprir por cada sessão legislativa.

Nas últimas semanas, o PSD e o CDS-PP manifestaram a sua vontade em ouvir o responsável pela pasta da Defesa sobre práticas administrativas existentes nas transacções efectuadas pelas Forças Armadas e a situação actual dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC).

A propósito da notícia que o PÚBLICO adiantou sobre a empresa de Manuel Godinho, a O2, ter ganhado o concurso público de seis lotes de material de sucata do Exército já depois de este arguido do processo “Face Oculta” se encontrar detido em prisão preventiva, o deputado social-democrata Campos Ferreira exigiu que o Governo esclareça se “os procedimentos administrativos estão dentro daquilo que se considera boas práticas e se protegem a dignidade e prestígio das Forças Armadas”.

Já o deputado do CDS-PP Abel Baptista disse que vai questionar Santos Silva sobre a alegada falta de encomendas nos ENVC e a sua viabilidade financeira. O deputado democrata-cristão disse querer conhecer também qual será a estratégia do novo executivo para as empresas de Defesa, nomeadamente a Empordef, a ‘holding’ do Estado para este sector.

Sugerir correcção
Comentar