Zeljko Petrovic assume Boavista

Montenegrino foi apresentando ontem no Bessa. Em Alvalade, Pedro Barny ainda será o treinador principal

O Boavista apresentou definitivamente o seu treinador. Poucas horas depois de Pinto da Costa ter apertado a mão a Jesualdo Ferreira, João Loureiro surgiu no Bessa ao lado de Zeljko Petrovic, técnico montenegrino que assinou um contrato válido por uma temporada (mais uma de opção). "Agora, estou mais rico", sublinhou Petrovic.Tem 40 anos, fala jugoslavo, inglês, holandês e espanhol - uma vantagem tendo em conta o cosmopolita plantel "axadrezado" -, está radicado na Holanda há 15 anos, foi jogador de futebol durante duas décadas (campeão pelo PSV), foi adjunto de Ruud Gullit no Feyenoord e de Martin Jol no Waalwijk. É este o resumo do bilhete de identidade de Zeljko Petrovic, que no Boavista terá o seu baptismo como treinador principal de um clube da primeira divisão. "Não sou treinador para estar ocupado, sou treinador para ganhar alguma coisa", apresentou-se "Petro", deixando bem claro que ser campeão "não é realista".

Insultos para JesualdoPetrovic viaja hoje para a Holanda de forma a tratar de assuntos pessoais, estando o seu regresso marcado para o sábado, dia em que o Boavista joga em Alvalade. O treinador montenegrino assistirá ao jogo e só no domingo assumirá o comando técnico do plantel "axadrezado", até lá entregue a Pedro Barny, treinador que segurou as pontas perante a saída de Jesualdo Ferreira. "Ficámos sem treinador... O Pedro Barny, claramente o número dois desta equipa técnica, foi fundamental neste período", referiu João Loureiro, que segundos antes tinha colocado os pontos nos is. "Acho que estão todos tão contentes como eu", disse perante uma plateia de cerca de 150 adeptos. "Vou falar do futuro e nem sequer me vou referir ao passado. Temos a nossa dignidade", prosseguiu. O discurso do presidente só foi interrompido por um coro de insultos dirigidos ao ex-treinador, entretanto apresentado no vizinho FC Porto. "Peço-vos para serem correctos, o que aconteceu, aconteceu", apelou.
Seguiu-se uma "salva de palmas" a Zeljko Petrovic, outra para Pedro Barny. "Não é meu ajudante, é meu colega", esclareceu Petrovic, que diz conhecer o Boavista "pela televisão". "Não gosto de dizer eu, gosto de dizer nós", continuou o treinador, que terá uma minúscula margem de manobra relativamente ao renovado plantel do Boavista. "Vai partir de uma base que não foi ele que preparou", disse João Loureiro, que agora pretende oferecer "as melhores condições". Em "termos genéricos", o presidente até admitiu contratar mais um jogador (actualmente o plantel conta com 24 elementos). "Estamos ainda agora a começar o trabalho."
Além de Barny, o treinador terá como adjuntos Luís Matos (treinador de guarda-redes), José Vilaça (preparador físico) e o compatriota Meodrag Radulovic.

BINome: Zeljko Petrovic
Idade: 40 anos (13/11/1965)
Naturalidade: Niksic (Montenegro)
Clubes: (como jogador) Buducnost, Dínamo Zagreb, Sevilla, Den Bosch, RKC Waalwijk, PSV, Red Diamonds
(como treinador) RKC Waalwijk