Kim Jong-un

Todos os tópicos

Secretário da Defesa dos EUA avisa que um ataque norte-coreano com um míssil contra a América “pode escalar para uma guerra muito depressa”.

  • Secretário da Defesa dos EUA avisa que um ataque norte-coreano com um míssil contra a América “pode escalar para uma guerra muito depressa”.

  • Trump anuncia investigação a práticas comerciais chinesas. Presidente sul-coreano apela a que se evite uma nova guerra.

  • Moon Jae-in recebeu chefe do Estado-maior norte-americano e deixou apelo para que se insista numa solução diplomática.

  • Nos últimos dias, deram-se conta de várias “fúrias”, que a psiquiatria define “como designação genérica dos estados de brusca exaltação, em geral colérica, com violentas exteriorizações verbais”. Donald Trump e Kim Jong-un protagonizaram algumas

  • A nova ameaça é Kim provocar uma espiral de tensão na Coreia do Sul e no Pacífico Oriental.

  • Associated Press diz que Washington e Pyongyang têm canais diplomáticos abertos há meses. Apesar de os contactos pouco ou nada terem feito para conter a subida de tom e de tensões, situação pode mostrar abertura para negociações mais aprofundadas.

  • Abastecimento de material médico de emergência, procura de pontos de protecção e refúgio ou isolamento em caso de ataque químico são alguns dos alertas.

  • Quanto mais o programa nuclear norte-coreano se desenvolver, mais difícil será conseguir cedências da parte de Pyongyang, alerta a analista Jenny Town, em entrevista ao PÚBLICO.