Imigrantes: afinal, de quem falamos?

No uso corrente da palavra “imigrante” reina a simplificação indisciplinada de realidades muito complexas e diversas.

Ouça este artigo
00:00
03:43

As pessoas sempre se deslocaram entre regiões por todo o tipo de razões. Porém, o assunto dos imigrantes está na ordem do dia pelos mais variados motivos e ocupa um lugar central nos debates políticos e nas campanhas eleitorais. Assim, torna-se imperioso cuidar do conceito, pois, ao contrário do que frequentemente transparece, a palavra "imigrante" não tem um significado imediato, único. É impróprio, portanto, o uso isolado da palavra imigrante, como se esta só tivesse uma interpretação, idêntica para todas as pessoas.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Ler 28 comentários