Fotogaleria

Arquitectura de controlo: as paisagens urbanas bizarras e pós-modernistas da Coreia do Norte

Arranha-céus futuristas encontram-se com monumentos socialistas no estado recluso.

Vista geral durante a cerimónia de abertura da quinta Ryonpho Greenhouse Farm, para assinalar o aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores, na Coreia do Norte, nesta fotografia sem data divulgada a 11 de Outubro de 2022 KCNA via REUTERS
Fotogaleria
Vista geral durante a cerimónia de abertura da quinta Ryonpho Greenhouse Farm, para assinalar o aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores, na Coreia do Norte, nesta fotografia sem data divulgada a 11 de Outubro de 2022 KCNA via REUTERS

Edifícios altos e coloridos, ruas sem publicidade, mas com propaganda e estradas novas... sem carros. A Reuters reuniu uma fotogaleria com imagens enviadas pela Agência Central de Notícias da Coreia que mostram a arquitectura da capital Pyongyang e empreendimentos tecnológicos e de habitação de outras províncias do país, passando pelo parque aquático Munsu.

É uma visita virtual às ruas do estado isolado, entre arranha-céus futuristas e monumentos socialistas. Antes, já tínhamos entrado nos hotéis kitsch da Coreia do Norte. “Congelada no tempo, a arquitectura de Pyongyang é tipicamente soviética e brutalista com interiores modernistas”, foi a descrição que os fotógrafos James Scullin e Nicole Reed trouxeram da viagem que, tal como esta fotogaleria, é a Pyongyang que o Estado norte-coreano quer mostrar ao exterior.

Um empreendimento residencial no distrito de Hwaseong, Coreia do Norte
Um empreendimento residencial no distrito de Hwaseong, Coreia do Norte KCNA via REUTERS
Vista da rua Mirae Scientists, em Pyongyang
Vista da rua Mirae Scientists, em Pyongyang KCNA via REUTERS
Espectadores observam as pessoas no Parque Aquático Munsu, em Pyongyang, nesta fotografia sem data divulgada pela Agência Central de Notícias da Coreia do Norte (KCNA) a 16 de Outubro de 2013
Espectadores observam as pessoas no Parque Aquático Munsu, em Pyongyang, nesta fotografia sem