Quase todo o mundo tem os olhos postos em Israel e em Netanyahu porque, após o ataque iraniano na noite de 13 e na madrugada de 14 de Abril, a bola está agora no campo de Israel. Teerão proclamou vitória. Netanyahu também, e em poucas palavras: "Interceptámos e bloqueámos. Juntos, venceremos." O Irão considerou o "assunto encerrado". Mas Israel promete retaliar. Os iranianos têm razões para estar nervosos, mas também o estão os Estados Unidos e países sunitas que temem uma escalada e uma explosão à escala regional.

Ler 1 comentários