José Peseiro deixa cargo de seleccionador da Nigéria

Contrato com a federação nigeriana chegou ao fim após 22 meses no cargo. Técnico português levou selecção à final da CAN.

Foto
LUSA/FILIPE FARINHA
Ouça este artigo
00:00
01:27

O treinador português José Peseiro oficializou nesta sexta-feira a saída do cargo de seleccionador da Nigéria, que conduziu à final da Taça das Nações Africanas (CAN), depois de ter assumido funções em Maio de 2022.

"Na quinta-feira terminámos o nosso contrato com a federação nigeriana. Foi um orgulho e uma honra ser seleccionador das 'super-águias'. Foram 22 meses de dedicação, sacrifício, emoção e de um enorme entusiasmo", afirmou, numa mensagem nas redes sociais.

Peseiro levou a Nigéria à final da CAN2023, disputada no mês passado, mas acabou por ser derrotado no jogo decisivo pela anfitriã Costa do Marfim, por 2-1, terminado a competição no segundo lugar.

O treinador luso deixou vários agradecimentos na hora da despedida, mas dedicou um especial aos jogadores. "Rapazes, estamos agradecidos. Foi um privilégio fazer parte desta família. Vamos ter saudades, mas vamos estar sempre aqui para vocês, seja qual for o nosso destino. Um grande abraço", concluiu.

Peseiro, de 63 anos, já tinha sido seleccionador da Arábia Saudita e Venezuela, para além de um percurso em Portugal que o levou a clubes como o Nacional, Sporting, Sporting de Braga, FC Porto e Vitória SC, e no estrangeiro a passagens por Panathinaikos (Grécia), Al Wadha e Al Sharjah (Emirados Árabes Unidos), Al-Ahly (Egito) ou Al Hilal (Arábia Saudita).

Sugerir correcção
Comentar