Cimpor tem de suspender uso de explosivos em pedreira junto a aldeia de Alverca

Cimpor ainda não foi notificada e não comenta decisão, tomada depois das várias queixas dos moradores de A-dos-Melros.

Foto
A pedreira alimenta a fábrica da Cimpor Rui Gaudencio

A Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) mandou suspender a utilização de explosivos na área da Pedreira do Bom Jesus situada mais próximo da aldeia de A-dos-Melros, na União de Freguesias de Alverca e Sobralinho. A medida vigora enquanto a Cimpor, empresa que gere a pedreira, não apresentar estudos que comprovem a segurança da laboração da pedreira na pendente virada para o lado de A-dos-Melros.

Sugerir correcção
Comentar