A fome deu em fartura e Ponta Delgada quer dar o salto através da Cultura

Cidade açoriana disputa o título de Capital Europeia da Cultura 2027. A candidatura foi suscitada por um movimento cívico, que nasceu no seio da actividade cultural que agitou a ilha na última década.

Foto
Açores receber a Capital Europeia da Cultura pode ser “decisivo para a estratégia de desenvolvimento” da região nas próximas décadas RUI SOARES

Corria o ano de 2000. Ponta Delgada era então uma cidade fechada sobre si própria, onde o turismo era residual e a actividade cultural exígua. Nesse ano, Fátima Mota abriu a Galeria Fonseca Macedo, desbravando os caminhos da arte contemporânea numa região, que é, ainda hoje, estruturalmente conservadora.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários