O país mais pequeno vai receber o Mundial mais caro

O Qatar vai gastar mais de 200 mil milhões de euros para receber o torneio, apesar de construir menos estádios do que todos os Mundiais dos últimos 40 anos.

Foto
O Al Thumana é um dos oito estádios do Mundial 2022 Reuters/JOHN SIBLEY

O Qatar tem 11.571 quilómetros quadrados de extensão e é de, de longe, o país mais pequeno a receber o Mundial de futebol. Este também é o Campeonato do Mundo que menos estádios terá para receber os jogos do torneio nos últimos 40 anos. E, no entanto, o Qatar 2022, o primeiro Mundial a realizar-se no Médio Oriente e num país árabe, será o mais caro da história, com um custo estimado a rondar os 210 mil milhões de euros, batendo largamente o recorde estabelecido pelo torneio que o Brasil acolheu em 2016, a rondar os 20 mil milhões de euros.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários