Pet

Só tem uma orelha e pinta com a língua: Van Gogh tem um sósia – e é um cão

Era utilizado em lutas de cães até ter sido resgatado. Agora pinta quadros abstractos e tudo por causa de manteiga de amendoim.

O cão Van Gogh pinta quadros e não tem uma orelha CA,CA
Fotogaleria
O cão Van Gogh pinta quadros e não tem uma orelha CA,CA

Chama-se Van Gogh e o facto de ter o mesmo nome que o pintor holandês não é mera coincidência. Tal como o artista, falta-lhe uma orelha e, nos tempos livres, dedica-se à pintura (mas neste caso com a língua).

Antes de ser pintor, o cão Van Gogh, uma mistura entre boxer e pitbull, era utilizado em ringues de lutas de cães no estado norte-americano da Carolina do Norte. Foi encontrado escondido num cano de esgoto e resgatado pela associação Happily Furever After Rescue, mas os ferimentos numa das orelhas eram tão graves que uma teve de ser amputada, explicou a fundadora da organização Jaclyn Gartner à CNN.

Jaclyn foi quem ensinou o cão a pintar com a língua – uma técnica certamente diferente daquela que é utilizada colegas de profissão, mas eficaz: basta pôr tinta na tela e colocá-la dentro de um saco plástico. Depois, é só barrar a superfície com manteiga de amendoim e Van Gogh cria uma nova obra abstracta ou recria o quadro Noite Estrelada do homólogo holandês.

Desde que chegou à associação, este cão pintou 30 obras que foram expostas e vendidas por cerca de 40 euros cada numa galeria organizada pela Happily Furever After Rescue, onde os visitantes também “tiveram a oportunidade de conhecer o artista”.

Mas apesar das capacidades artísticas, só duas pessoas apareceram na exposição e Van Gogh, de sete anos, continua à espera de uma família que também goste de manteiga de amendoim.

Este cão era utilizado em lutas de cães quando foi resgatado pela Happily Furever After Rescue
Este cão era utilizado em lutas de cães quando foi resgatado pela Happily Furever After Rescue Happily Furever After Rescue