Moradores do Segundo Torrão vão ser realojados em hotéis

Demolição das casas que se situam junto de uma vala em risco neste bairro precário de Almada vai arrancar no sábado e durar até dia 6. Em causa estão 60 famílias que terão de ser realojadas em apartamentos e unidades hoteleiras ou então procurar apoio junto da Segurança Social. Amnistia Internacional está a acompanhar o processo.

Foto
Moradores vão ser realojados ao longo dos próximos dias. Casas desocupadas vão ser demolidas Nuno Ferreira Santos/Arquivo

É um dos maiores bairros precários de Almada, a apenas uma ponte de distância de Lisboa. O Segundo Torrão costuma ser notícia nos Invernos rigorosos de frio e tempestades, quando fica dias a fio sem luz e os electrodomésticos estouram com a sobrecarga de energia. Ao longo do último meio século, este bairro à beira-mar cresceu muito além das pequenas casas dos pescadores, alargando-se para terrenos da Administração do Porto de Lisboa e de privados.

Sugerir correcção
Comentar