Quando há contacto entre guarda-redes e adversário

Nos lances disputados nas áreas com os guarda-redes, sempre que estes chegam fora de tempo, não tocam na bola e acabam por tocar e acertar com as mãos na cara ou cabeça dos seus adversários devem ser punidos com pontapé de penálti. Os contactos normais e não passíveis de infracção devem ser considerados apenas nas zonas do corpo em que isso é natural e passível de choque, refiro-me às costas, ou tronco, ou pernas, sobretudo quando guarda-redes e avançados atacam o mesmo espaço e a bola. Mãos na cabeça não é, nem normal, nem choque, nem legal.

Sugerir correcção
Comentar