Polis Litoral Norte extingue-se. “Há um antes e um depois da zona costeira entre Caminha e Esposende”

Entre 2009 e 2021, a Sociedade Polis Litoral Norte foi responsável pela requalificação de mais de 70 infra-estruturas na zona costeira de Viana do Castelo, Caminha e Esposende. “O território está hoje muito mais bem adaptado ao avanço do mar e às alterações climáticas”, diz o presidente do conselho de administração. Em Caminha sugere-se a criação de uma associação para dar seguimento ao trabalho desenvolvido.

Foto
A erosão afecta vários troços do Litoral Norte Renato Cruz Santos

Nasceu em 2009 com o desígnio de conservar e requalificar o património da zona costeira dos municípios de Viana do Castelo, Caminha e Esposende e, em 12 anos, executou 77 projectos dos 81 previstos em 70 locais distintos dos três concelhos. A sociedade Polis Litoral Norte, constituída no âmbito do programa Polis Cidades, chegou ao fim no dia 31 de Dezembro por determinação do Governo, que extinguiu todas as entidades associadas ao programa.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários