Por que razão vamos à Bienal de Arquitectura de Veneza?

A exposição Radar Veneza - Arquitectos Portugueses na Bienal 1975-2021 propõe uma reflexão profunda sobre a participação e representação portuguesa na Bienal de Arquitectura de Veneza desde 1975 até aos dias de hoje.

Foto
A exposição Radar Venez, na Casa da Arquitectura Adriano Miranda

Por que razão vamos à Bienal de Arquitectura de Veneza? Qual o interesse? O que ganhamos com a presença de Portugal em Veneza? Quantos portugueses terão ido à Bienal de Veneza ver uma exposição? As perguntas são naturais e compreensíveis. Se por um lado é fácil questionar a importância da Bienal, por outro lado, não é muito evidente justificar a sua importância. Na comunidade dos arquitectos e estudantes de arquitectura, apenas uma reduzida percentagem terá visitado uma das edições da Bienal de Veneza. É por isso muito delicado avaliar o sentido da participação de Portugal na Bienal, o impacto efectivo na prática quotidiana dos arquitectos portugueses ou o retorno económico do investimento realizado.