“De pedra e cal”, até à meta – o sucesso da vacinação também é deles

Os profissionais de saúde, limpeza, administração, entre tantas outras funções que asseguraram o funcionamento dos centros de vacinação portugueses, estão cansados, mas teimam em não largar o sentido de missão que os une. Aqui ficam 16 nomes, rostos e testemunhos de quem trabalha para vacinar Portugal.

Foto

Filipa recorda, com ternura, um utente que ofereceu pastéis de Belém a toda a equipa. Isabel tem três empregos, mas não duvida: vale a pena ser enfermeira. Fernando, guardião das refeições de todos os profissionais, trabalha de bom humor porque, de outro modo, mais valia ficar em casa. Ana Lúcia confessa: há muita gente a entrar em burnout.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários