Certificado de vacinação passa a ser chave para a liberdade

A taxa de vacinação passa a ser um dos critérios para a gestão da pandemia e reabertura da sociedade e da economia. A partir de domingo e até Outubro, o continente verá as medidas de restrição aliviadas. E se o ritmo de vacinação aumentar, é possível que o fim das limitações seja antecipado.

Foto
Gabriel Sousa

Não adoptou o tom “irritantemente optimista” com que o Presidente da República se identificou no final do encontro do Infarmed de terça-feira, mas desta vez ― embora não tenha deixado de fazer os seus habituais avisos sobre a possibilidade de se dar “passos atrás” no desconfinamento ―  a principal mensagem de António Costa foi a hipótese de se antecipar o levantamento de restrições, se o ritmo da vacinação o permitir. As três fases de desconfinamento arrancam no próximo domingo e em todas elas o certificado de vacinação terá um papel central.