Pratos, talheres, palhinhas e cotonetes: proibição do plástico de uso único arranca em Julho

Decreto-lei que transpõe para a lei nacional a directiva da União Europeia sobre o fim dos plásticos de uso único está em discussão pública, mas prevê-se que entre em vigor a 1 de Julho.

sacos-plasticos,plastico,sociedade,ambiente,residuos,poluicao,
Fotogaleria
José Fernandes
sacos-plasticos,plastico,sociedade,ambiente,residuos,poluicao,
Fotogaleria
Paulo Pimenta
sacos-plasticos,plastico,sociedade,ambiente,residuos,poluicao,
Fotogaleria
Paulo Pimenta
sacos-plasticos,plastico,sociedade,ambiente,residuos,poluicao,
Fotogaleria
Manuel Roberto
sacos-plasticos,plastico,sociedade,ambiente,residuos,poluicao,
Fotogaleria
Manuel Roberto

Portugal chegou a anunciar a ambição de se antecipar à União Europeia e proibir o fornecimento de vários utensílios de plástico de uso único ainda em 2020, mas a pandemia trocou as voltas e o que era para ser uma antecipação acabou por se atrasar bastante. Agora, a nova data em cima da mesa para que seja proibido colocar no mercado itens como cotonetes, talheres, pratos ou palhinhas de plástico é 1 de Julho.