Atraso da vacina da Johnson & Johnson troca as voltas a Portugal e à Europa. O que acontecerá a partir daqui?

Após a recomendação da suspensão nos Estados Unidos, grupo decidiu atrasar entregas na Europa. Em Portugal, ainda não se sabe se as primeiras doses chegam na quinta-feira. E, depois de recebidas, qual será o seu destino.

Foto
A vacina da Janssen, de dose única, representa um avanço de planeamento e logística Reuters/CARLOS BARRIA

As incertezas relativas à vacina da Johnson & Johnson continuam a aumentar em Portugal e na Europa, depois de a empresa norte-americana anunciar um atraso nas entregas para o território europeu na manhã desta terça-feira. Chegará a vacina ao país na quinta-feira? Poderá ser dada à população ou ficará em armazém? Certo é que a imunização de pelo menos 1,25 milhões de pessoas contra a covid-19 — número de doses que Portugal receberia deste fabricante em Abril — poderá estar em risco. Falha que, a concretizar-se, seria um duro golpe no plano de vacinação nacional.