Pai e filho encontrados mortos em casa. Estavam ambos infectados com covid-19

Os bombeiros voluntários da Amadora receberam alerta do INEM por volta das 12h55. TIveram de entrar pela varanda da casa.

Foto
LUSA/NUNO VEIGA

Dois homens que, ao que tudo indica, seriam pai e filho, com 72 e 42 anos, foram esta tarde encontrados mortos no interior do apartamento onde viviam, na rua Mouzinho de Albuquerque, na Damaia. A informação é que estavam ambos infectados com covid-19 e que as autoridades, no local, não encontraram indícios de crime. 

Ao PÚBLICO, Mário Conde, comandante dos bombeiros Voluntários da Amadora, explicou que o alerta chegou via INEM, com indicação que seria uma abertura de porta para socorro e que se tratava de dois indivíduos infectados com covid-19.

O alerta chegou por volta das 12h55. No local, estiveram 16 operacionais dos Bombeiros da Amadora, da PSP e do INEM, apoiados por seis viaturas.

Os bombeiros entraram pela varanda, uma vez que a porta estava fechada por dentro. Os dois homens foram encontrados no quarto deitados na cama. O médico do INEM confirmou o óbito no local.

Os corpos foram levados, depois das 16h30 para o Instituto de Medicina Legal para autópsia, a fim de se apurar as causas da morte.