Natal

Este ano, até o Pai Natal de chocolate usa máscara

Já há pastelarias e fábricas a porem a máscara no tradicional Pai Natal de chocolate. E são um sucesso na Alemanha e Hungria. É o mínimo para um senhor de barbas brancas que passa o Natal a entrar em casas alheias...

Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da Wawi Schokolade EPA/RONALD WITTEK
Fotogaleria
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da Wawi Schokolade EPA/RONALD WITTEK

Quando Laszlo Rimoczi decidiu dar máscaras aos seus Pais Natal, na sua pequena loja no campo húngaro, viu a ideia como uma piada destinada a pôr um sorriso na cara dos clientes. Mas, conta a Reuters, o sucesso foi tal que a piada se tornou um grande negócio e Rimoczi diz que recebeu tantas encomendas online que não consegue atender a todas.

"Penso que quando o Pai Natal chegar ele terá mesmo de usar máscara, porque ele é um bom exemplo para as pessoas", diz Rimoczi, sentado no seu atelier dos doces em Lajosmizse, a 70km de Budapeste. A máscara da sua produção é um bocadinho de maçapão. "Os nossos clientes agora só querem Pais Natal mascarados", conta. Já faz uma centena por dia. 

Também na Alemanha, a pastelaria Condit, de Frankfurt, está a fazer o mesmo já há algumas semanas. E com igual sucesso. No caso, é até uma versão de outro chocolatinho que vendeu muito na Páscoa: o coelho com máscara. "Fizemos isto na Páscoa com os coelhinhos e foi um sucesso tremendo", diz o chocolateiro Jesco Mann. Com o Natal a chegar, decidiram que "o Pai Natal também tinha de estar com a sua máscara". "Podemos ter pelo menos um pouco de diversão, apesar de toda a seriedade" do assunto, diz Mann. À Reuters, um cliente que estava a comprar os Pais Natal de chocolate na Condit disse que "é uma piada, mas também nos põe no espírito do Natal. Sendo que o Natal, de qualquer modo, deve ser 'cancelado' por todo o lado...", remata. 

Ainda na Alemanha, também a empresa Wawi Schokolade começou a produzir a figura natalícia protegida com uma máscara. Será uma tendência global para o Natal?

Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da  Wawi Schokolade
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da Wawi Schokolade EPA/RONALD WITTEK
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da  Wawi Schokolade
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da Wawi Schokolade EPA/RONALD WITTEK
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da  Wawi Schokolade
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da Wawi Schokolade EPA/RONALD WITTEK
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da  Wawi Schokolade
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da Wawi Schokolade EPA/RONALD WITTEK
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da Wawi Schokolade
Na Alemanha, os Pais Natal de chocolate da Wawi Schokolade EPA/RONALD WITTEK
Em Frankfurt, Alemanha, a criação da confeitaria Condit
Em Frankfurt, Alemanha, a criação da confeitaria Condit Reuters/KAI PFAFFENBACH
Em Frankfurt, Alemanha, a criação da confeitaria Condit
Em Frankfurt, Alemanha, a criação da confeitaria Condit Reuters/KAI PFAFFENBACH
Em Frankfurt, Alemanha, a criação da confeitaria Condit
Em Frankfurt, Alemanha, a criação da confeitaria Condit Reuters/Bernadett Szabo
Os Pais Natal de chocolate pelo chocolateiro húngaro Laszlo Rimoczi
Os Pais Natal de chocolate pelo chocolateiro húngaro Laszlo Rimoczi Reuters/Bernadett Szabo
Os Pais Natal de chocolate pelo chocolateiro húngaro Laszlo Rimoczi
Os Pais Natal de chocolate pelo chocolateiro húngaro Laszlo Rimoczi Reuters/Bernadett Szabo
Os Pais Natal de chocolate pelo chocolateiro húngaro Laszlo Rimoczi
Os Pais Natal de chocolate pelo chocolateiro húngaro Laszlo Rimoczi Reuters/Bernadett Szabo
Os Pais Natal de chocolate pelo chocolateiro húngaro Laszlo Rimoczi
Os Pais Natal de chocolate pelo chocolateiro húngaro Laszlo Rimoczi Reuters/Bernadett Szabo
Sugerir correcção