Vatel e CESPU lançam 1.ª edição Executive Master International Hotel Director em Portugal

O grupo Vatel chegou a Portugal em cooperação com a CESPU. Em Novembro, arranca a primeira edição do Executive Master International Hotel Director com o carimbo de uma escola de excelência, reconhecida internacionalmente.

estudio-p,
Foto
Getty Images

Quando a primeira escola Vatel foi fundada em Paris, há mais de 35 anos, a hotelaria estava em plena época de mudança, com os níveis de exigência a acompanharem o crescimento económico e a globalização. O método de ensino distinguiu-se das escolas que até então existiam por responder às exigências de um mercado em constante evolução. Combinar teoria e prática, com uma experiência profissionalizante após ou no decorrer da formação, foi um dos factores de diferenciação do agora grupo de ensino presente em 32 países. O reconhecimento dos pares é público: a Vatel é considerada a primeira escola de gestão hoteleira do mundo e venceu, em 2016, o prémio de Melhor Escola de Gestão de Hoteleira, entre mais de 150 candidaturas apresentadas na 17ª cerimónia de entrega dos Worldwide Hospitality Awards. Este “savoir-faire” chegou agora a Portugal e foi na CESPU que a Vatel confiou a cooperação institucional.

PÚBLICO -
Foto
Rui Lima, Director da Vatel Portugal

Referência no ensino superior na área da Saúde desde 1982, a CESPU alarga a sua área de actuação com esta sinergia. Curiosamente, a parceria surgiu no âmbito da relação comum que a CESPU e a Vatel têm na UPM - Universidade Privada de Marraquexe. É nesta rede internacional que os interesses acabam por confluir: “se pensamos bem, a área da saúde tem muito que ver com a área da hotelaria”, reflecte Rui Lima, director da Vatel Portugal. De facto, a capacidade de acolher pacientes num internamento, se excluirmos os cuidados médicos mais técnicos, não deixa de ser equiparável à hospitalidade de uma unidade hoteleira. “Foi daí que surgiu este interesse em conhecer a componente hoteleira a fundo, para que depois ela possa efectivamente ser aplicada na parte hospitalar e não só”, referindo-se ao exemplo dos cuidados geriátricos.

Um curso único, que abre portas a todo (um) mundo

A Vatel disponibiliza duas ofertas formativas principais – licenciaturas e MBA. O Executive Master, que marca o arranque da escola em Portugal, acaba por se situar num nível intermédio. “O que nós fizemos foi ‘retirar o sumo’ do MBA, condensando num ano o que é realmente importante o aluno reter”, explica o também coordenador da 1.ª edição do Executive Master International Hotel Director. O resultado é “um curso mais compacto”, pensado para profissionais do sector, mas também para recém-licenciados na área da gestão hoteleira ou turismo que queiram prosseguir com a sua formação. “O que pretendemos é fazer esta simbiose porque a troca de saberes, não só de docentes como da própria turma é o que fará a diferença no resultado global”, defende Rui Lima. O curso decorrerá preferencialmente online, com avaliações presenciais. De acordo com a localização geográfica dos alunos, será possível frequentar este Executive Master no Porto, em Lisboa ou no Algarve. Estão também previstos seminários e visitas, não descurando, portanto, a componente prática.

Tirando o máximo partido do conhecimento Vatel e das possibilidades que as aulas online oferecem, alguns dos docentes são estrangeiros, de escolas Vatel de França e da Suíça. A Universidade Portucalense é, também, uma das entidades parceiras na implementação do curso em Portugal, estando a CESPU a trabalhar com alguns dos docentes da área do Turismo. Uma cooperação que coloca em evidência o que distingue a Vatel: “a troca de experiências e aporte de conhecimento prático”, refere Rui Lima, acrescentando que é através deste método que formadores e formandos conseguem identificar o que se passa, efectivamente, na área. Até porque, segundo o director da Vatel Portugal, um especialista não é, senão, “alguém que já errou tudo o que havia para errar e que dessa forma adquiriu conhecimento prático”.

Questionado sobre as expectativas em relação a esta primeira edição do Executive Master International Hotel Director, Rui Lima não hesita em destacar a importância da “visão global” que este grupo de formandos poderá vir a adquirir. Para os futuros International Hotel Directors (designação oficial conferida por este Executive Master), uma das mais-valias será, decerto, a possibilidade de ingressar na conceituada rede Vatel, com 50 escolas presentes em quatro continentes, e composta por 9.000 formandos e mais de 35.000 alumni em todo o mundo.

As candidaturas para o Executive Master International Hotel Director, o primeiro em Portugal e único nas escolas Vatel, estão abertas até 15 de Novembro. Consulte todas as informações na página da Vatel Portugal em www.vatel.com.pt.

Sugerir correcção