,Televisão Independente
Fotogaleria
Cláudio Ramos, o apresentador do novo Big Brother da TVI TVI
,2020
Fotogaleria
Daniel Rocha

Big Brother: 20 anos de reality shows e público insaciável

Este domingo, a TVI estreia uma nova edição do programa que mudou a TV portuguesa no ano 2000. Entretanto, a reality TV instalou-se, expandiu-se. Há de tudo e haverá sempre mais. “As pessoas estão sempre interessadas em pessoas.”

No final do ano 2000, o Big Brother mudou tudo com a força de um pontapé televisivo. Num dia de Outubro, um acto violento na “novela da vida real” até suplantou o anúncio de recandidatura de Jorge Sampaio à presidência na abertura do noticiário da TVI, o canal que ganhou a guerra das audiências com um programa que a concorrência quis pagar para não exibir. É uma força imparável, esta de olhar para a vida dos outros. Em 1973, estreou-se nos EUA um programa sobre o quotidiano de An American Family e a antropóloga Margaret Mead não tinha dúvidas: nascia “uma nova forma de arte”, “tão significativa quanto a invenção do drama, ou do romance”. O Big Brother (BB) volta este domingo a Portugal.