KEVSETO/UNSPLASH
Foto
KEVSETO/UNSPLASH

Um escape game virtual português para relaxar nesta quarentena

A Enigmind, especializada em jogos de grupo, acaba de lançar Lockdown, um desafio virtual gratuito de 14 episódios para “todas as pessoas fechadas em casa”. Os enigmas, para resolver uma investigação policial, são diários — e chegam por email.

Os escape games também param durante a quarentena? A empresa Enigmind diz que não, com um desafio virtual gratuito acabado de lançar, para aliviar a carga de stress nestes tempos de isolamento social.

Lockdown é uma série de 14 episódios, a ser enviada por email ao longo de 14 dias. Os participantes só precisam de se inscrever online para receber diariamente um novo enigma relativo à investigação da fuga do prisioneiro 1027. Com a agente Sofia no terreno, a ideia é decifrar informações ocultas sobre o caso.

Especializada em “jogos da vida real” – desde escape games e jogos-mistério, passando por actividades de team building e caças ao tesouro –, a Enigmind é uma empresa de Vila Nova de Famalicão que aposta em desafios em contexto interpessoal.

Ao P3, Ana Fernandes, da direcção, diz que o novo projecto “surgiu logo que se sentiu o impacto do surto do novo coronavírus” porque, “obviamente, o trabalho tinha de continuar”. Deliberou-se que se ia continuar o serviço ao público, “de uma forma não habitual”, e gratuita, “uma vez que as pessoas iam ficar fechadas em casa”.

São 14 episódios para abranger o período recomendado de 14 dias de quarentena. Esperam chegar “ao maior número de pessoas possível”, até “porque o estado de emergência afecta todos os portugueses”. Proporcionam-se assim alguns minutos para “que as pessoas ‘se desliguem’, considerando toda a situação que se vive no momento”.

Até agora, escreveram-se entre 500 a 600 pessoas no jogo. O feedback, diz Ana Fernandes, tem sido “extremamente positivo” e vem de imensos clientes e não-clientes, tanto pré-adolescentes como adultos — todos ficam “à espera do próximo episódio”. Pedidos de informação acerca dos serviços da empresa para quando tudo voltar ao normal têm também caído: “Já notámos um aumento no interesse, claro que é positivo, mas não é com certeza para agora.”

Quanto a mais aventuras da agente Sofia para lá do programado, a hipótese não está a ser posta de parte: “Muito provavelmente, o estado de emergência será renovado e com o jogo, ainda que desenhado, a ser criado a cada dia, abrimos a possibilidade [de o continuar] para que não tenha um desfecho total.” “Está em cima da mesa”, assim, uma renovação, qual “segunda temporada”, informa a Enigmind. Até lá, é só submeter o endereço de email no formulário do Lockdown e aguardar pelo primeiro desafio, a chegar no dia seguinte.