Arquitectura

Ressuscitar uma casa para viver em família em Aveiro

©Ivo Tavares Studio
Fotogaleria
©Ivo Tavares Studio

O atelier Frari baptizou uma moradia em Aveiro como Casa J, mas a letra só surgiu depois da reabilitação. O objectivo inicial da intervenção, desenhada por Maria Fradinho, era tratar as falhas construtivas. Contudo, durante o processo, a arquitecta acabou por encontrar problemas mais preocupantes “no que toca à organização espacial”. A cozinha, um espaço confortavelmente pequeno e quente, era a entrada para a casa e onde se passava a maior parte do tempo. A sala, com paredes de “betão fosco” e mal aplicado, era um espaço demasiado aberto e frio. Maria Fradinho queria transformar esta divisão num local onde nos pudéssemos “sentar a ler um livro ou a ver um filme com a família”. A sala de jantar, bem como o quarto de hóspedes, raramente eram utilizados.

Sem alterar o projecto inicial, fizeram as mudanças necessárias para “atribuir mais condições de habitabilidade e um design mais cuidado, pormenorizado e contemporâneo”, explica a arquitecta. Eliminaram o quarto de hóspedes para dar mais arrumação aos outros três quartos, unificaram a cozinha e a sala num conceito de open space e revestiram as paredes da sala. A maior preocupação era a utilização total da casa, por isso criaram ligações que permitissem um fluxo natural pelas divisões. Da sala para a cozinha, dos quartos para o roupeiro e quartos de banho nas suites

No exterior, aumentaram os anexos e protegeram-no com uma pérgula metálica, criando uma ligação com a casa, formando o “jota” que se vê do céu e dá nome à casa. Aproveitaram o terreno traseiro para complementar o urbano com o rural, com um campo de padel e um espaço verde para cabras e outros animais. Tudo reservado para o convívio familiar e interacção com a natureza. A família foi o centro da atenção desta “ intervenção cirúrgica”, que transformou a moradia e criou “uma nova vida e uma nova articulação”.

©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
©Ivo Tavares Studio
Sugerir correcção