Unsplash
Foto
Unsplash

Comissão Europeia quer mais moda sustentável — e dá 50 mil euros

O Concurso Europeu de Inovação Social procura projectos e ideias sustentáveis para “reimaginar a moda”. Candidaturas estão abertas até 4 de Março.

A 8.ª edição do Concurso Europeu de Inovação Social, promovido pela Comissão Europeia, tem como tema “Reinventar a moda: mudar comportamentos para uma moda sustentável”. Procuram-se assim projectos e ideias em fase de arranque que alterem as formas de produzir, comprar, utilizar e reciclar a moda, com enfoque na “sustentabilidade global” e na capacidade de alteração de hábitos de consumo a nível local, nacional e europeu.

As candidaturas estão abertas até 4 de Março. Os 30 semifinalistas são apresentados a 4 de Maio, numa 1.ª ronda de avaliação; em Julho, recebem formação de mentores e organizações numa academia de inovação social que irá ter lugar nos Países Baixos.

Os projectos são depois reavaliados numa ronda final, em que serão escolhidos os dez finalistas. Para a escolha do vencedor será avaliada a inovação (40%), o impacto (20%), a sustentabilidade (25%) e a escala das ideias (15%).

Os três vencedores são anunciados em Setembro, numa cerimónia de entrega de prémios em local a designar. Como prémio, cada um recebe 50 mil euros.

Podem participar todas as pessoas pertencentes aos Estados-Membros da União Europeia e aos países associados ao programa Horizonte 2020, nomeadamente a Islândia, Sérvia, Montenegro, Israel, Albânia, Arménia, Turquia, Suíça, Tunísia, Geórgia, Noruega e as Ilhas Faroé. As inscrições poderão ser realizadas aqui

Sugerir correcção