Fotogaleria

Acne, eczema, rosácea: “Estas mulheres são bonitas e não têm vergonha da sua pele”

©Sophie Harris-Taylor
Fotogaleria
©Sophie Harris-Taylor

“Somos levados a acreditar [por influência dos media] que todas as mulheres têm uma pele perfeita, ideal. Pois bem, não têm.” Acne, eczema, rosácea fazem parte do quotidiano de homens e mulheres de todo o mundo e são patologias que têm um impacto profundo ao nível da saúde mental.

A fotógrafa Sophie Harris-Taylor criou a série de retratos Epidermis para devolver às mulheres de “pele imperfeita” o espaço que lhes foi renegado nos meios de comunicação de todo o mundo. Foi para transmitir a mensagem de que não é necessário esconderem-se por detrás de camadas de base e maquilhagem para serem percepcionadas como belas. “As mulheres que retratei são bonitas e não têm vergonha da sua pele.”

“Ansiedade e baixa auto-estima são temas recorrentes entre a maioria das mulheres que fotografei”, explica ao P3 a britânica. “Assim como a falta de conhecimento e compreensão no que toca a doenças da pele, algo que as faz sentir desconfortáveis ao sequer falar no assunto.” Sophie, que teve acne severo durante a adolescência, percebe inteiramente do que falam. “Na altura, não havia ídolos, figuras mediáticas que tivessem uma pele imperfeita, o que me deixava relutante perante a imagem que via reflectida no espelho.”

Desde então, assume, já foi percorrido um longo caminho no sentido da “positividade corporal”, da aceitação da diversidade e do questionamento dos padrões de beleza. “No entanto, continuei sempre a sentir que existia uma lacuna no que toca à representação da pele, de uma que fosse aberta e honesta. Epidermis foi, para mim, uma forma de mostrar mulheres bonitas com peles menos comuns.”

Não fotografou esta série para chocar o espectador, como acontece em tantas do mesmo género. “Aliás, chocar é o oposto do que pretendo”, ressalva. “Eu quero que Epidermis seja encarada como uma sessão fotográfica de beleza e que as características da pele estejam, de algum modo, em segundo plano. Quero que as imagens transmitam familiaridade, que suscitem esperança naqueles que trilham jornadas semelhantes para que se sintam menos isolados, com mais confiança e conforto na própria pele.”

Abi
Abi ©Sophie Harris-Taylor
Alice
Alice ©Sophie Harris-Taylor
Annie
Annie ©Sophie Harris-Taylor
Francesca
Francesca ©Sophie Harris-Taylor
Holy
Holy ©Sophie Harris-Taylor
Christina
Christina ©Sophie Harris-Taylor
Ezzeniback
Ezzeniback ©Sophie Harris-Taylor
Indiana
Indiana ©Sophie Harris-Taylor
Joice
Joice ©Sophie Harris-Taylor
Lex
Lex ©Sophie Harris-Taylor
Louisa
Louisa ©Sophie Harris-Taylor
Mariah
Mariah ©Sophie Harris-Taylor
Thea
Thea ©Sophie Harris-Taylor
Izzy
Izzy ©Sophie Harris-Taylor
Sugerir correcção