,Bruno Aleixo
Bruno Aleixo O SOM E A FÚRIA

Bruno Aleixo: o quotidiano e o bizarro à mesa do café

É uma figura de culto do humor nacional, conhecida pela sua esperteza saloia e que pode causar estranheza a quem não conhece. O Filme do Bruno Aleixo, que junta os bonecos nonsense às personagens mais humanas de Adriano Luz, Gonçalo Waddington ou Manuel Mozos, chega aos cinemas a 23 de Janeiro.

Conhecemo-lo em pequenos vídeos online em que aconselhava os espectadores a não dormirem nus, a não mentirem à polícia e a guardar bolas de naftalina para que os miúdos as comam a pensar que são amêndoas; mais tarde, passou para a rádio onde falava (e ainda fala) descontraidamente com os seus comparsas sobre temas da actualidade. Falamos de Bruno Aleixo, uma espécie de cão de peluche humanizado que traz vestido um pólo, um chico-esperto coimbrão com um sotaque da Bairrada bem vincado.