Os “leões” do Algarve preparam o regresso

Já foi há 17 anos que o Farense esteve pela última vez na I Divisão, mas está mais perto do que nunca de voltar ao futebol de primeira.

Foto
Os adeptos do Farense mantêm-se fiéis ao clube LUSA/CARLOS BARROSO

Nasceu em Faro, foi júnior do Farense, sénior do Farense, treinador-adjunto do Farense, treinador principal do Farense e dirigente do Farense? Esquecemo-nos de alguma coisa? “Treinei desde iniciados, juniores e em todas as divisões. Tenho um título que me orgulha: sou a única pessoa nascida em Faro que treinou o Farense na I Divisão em 110 anos de história do clube”, diz Manuel Balela, o homem que já foi tudo no clube algarvio, um “santo da casa” que já fez alguns milagres como dirá mais à frente numa conversa com o PÚBLICO. Ninguém melhor do que ele, algarvio e farense (e que chegou a pagar do seu próprio bolso uma rescisão com outro clube para regressar ao seu clube de sempre), para falar dos altos e baixos de um clube histórico que bateu no fundo e que se reergueu, estando mais perto que nunca de regressar à primeira divisão, onde jogou pela última vez em 2002.