Golos nos descontos ditam vitória de Leonardo Jardim e derrota de Paulo Sousa

O Mónaco venceu no campeonato francês o Rennes por 3-2, enquanto o Bordéus foi batido pelo Saint-Étienne.

Foto

O internacional francês Ben Yedder deu neste domingo nos descontos a vitória ao Mónaco, com a equipa de Leonardo Jardim a vencer em casa o Rennes por 3-2, em jogo da Liga francesa de futebol.

Foi preciso esperar pelos descontos, aos 90’+3’, para os monegascos, com Gil Dias e Adrien Silva a titulares, celebrarem o triunfo, depois Balde Keita ter visto o videoárbitro anular um possível 3-2, aos 85’, por mão na bola.

Ben Yedder, que assumiu a liderança dos melhores marcadores do campeonato francês, com oito golos, fez cedo o 1-0 para o Mónaco, aos três minutos, mas Maouassa ainda empatou aos 12’, resultado com o qual se chegou ao intervalo.

Na segunda metade, o Rennes deu a volta no marcador, aos 48’, por Hunou, mas num duelo de ex-sportinguistas, Slimani, assistido por Fabregas, bateu o guarda-redes Salin e fez o 2-1, aos 56’.

Foi preciso esperar mesmo pelos descontos, para o “bis” de Yedder e os festejos de Leonardo Jardim, que não contou com Gelson Martins, castigado.

Um pouco antes, também em jogo da 10.ª jornada da “Ligue 1”, o Bordéus, de Paulo Sousa, perdeu em casa com o Saint-Étienne​, por 1-0.

A equipa, que caiu para o quinto lugar, foi derroara graças a uma grande penalidade de Bouanga, aos 90’+2’, com os visitantes a conseguirem uma série de três vitórias consecutivas no campeonato.

Sugerir correcção