Ao minuto

Furacão Lorenzo. Mais de 50 desalojados e outras 50 pessoas retiradas de casa por precaução

Período crítico terminou durante a tarde de quarta-feira e o furacão foi perdendo intensidade, deslocando-se agora rumo à Irlanda. Foram registadas mais de 170 ocorrências nos Açores, mas estima-se que o número “aumente”. Primeiro-ministro diz que “coisas correram melhor do que se chegou a temer”.

Fotogaleria
Pessoas fogem das ondas em São Mateus Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
Angra do Heroísmo, Terceira, Açores Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
São Miguel, Açores RUI SOARES
Fotogaleria
Angra do Heroísmo, Terceira, Açores Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
Angra do Heroísmo, Terceira, Açores Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
Angra do Heroísmo, Terceira, Açores Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
Angra do Heroísmo, Terceira, Açores Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
Angra do Heroísmo, Terceira, Açores Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
Angra do Heroísmo, Terceira, Açores Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
São Mateus Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
São Mateus Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
São Mateus Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
São Mateus Reuters/RAFAEL MARCHANTE