Óculos de sol: sabe qual o modelo que lhe fica mesmo bem?

As tendências da estação trouxeram-nos ousados, vibrantes e elegantes. Mas será que todos os modelos de óculos escuros ficam bem no seu rosto? Nós damos uma ajuda.

Foto

Os óculos de sol tornaram-se acessórios indispensáveis, não só porque protegem os olhos dos raios ultravioletas e conferem conforto visual, mas também porque nos permitem adoptar as tendências de moda com facilidade. A verdade é que basta um único par de óculos para assumirmos personalidades diferentes, arriscando visuais mais extravagantes ou criativos, discretos ou luxuosos, elegantes ou descontraídos.

Todas estas facetas podem ser encontradas nas tendências desta estação, já adoptadas por modelos e influencers de todo o mundo: armações octogonais para personalidades afirmativas; arredondadas para visuais contemporâneos; de formato cat eye para sublinhar um olhar sedutor ou com lentes coloridas para alinhar com a descontracção do Verão.

PÚBLICO - Os modelos octogonais são uma das principais tendências do street style este Verão. Retiram peso aos visuais mais convencionais, conferindo arrojo e ousadia.
Os modelos octogonais são uma das principais tendências do street style este Verão. Retiram peso aos visuais mais convencionais, conferindo arrojo e ousadia.
PÚBLICO - Criatividade e irreverência são características imediatamente associadas a quem opta por modelos de óculos escuros com lentes octogonais.
Criatividade e irreverência são características imediatamente associadas a quem opta por modelos de óculos escuros com lentes octogonais.
PÚBLICO - Os modelos de óculos cat eye são outra tendência de moda central esta estação, adaptando-se bem à maioria dos visuais. Opção perfeita para um look mais retro.
Os modelos de óculos cat eye são outra tendência de moda central esta estação, adaptando-se bem à maioria dos visuais. Opção perfeita para um look mais retro.
PÚBLICO - Os óculos de sol redondos ganham grande destaque nesta nova coleçcão, com modelos vistosos e elegantes.
Os óculos de sol redondos ganham grande destaque nesta nova coleçcão, com modelos vistosos e elegantes.
PÚBLICO - Um arco-íris nos olhos é outra das propostas must-have disponíveis nas 64 lojas Alberto Oculista espalhadas pelo país.
Um arco-íris nos olhos é outra das propostas must-have disponíveis nas 64 lojas Alberto Oculista espalhadas pelo país.
Fotogaleria

Para melhor conhecer as tendências, percorra a fotogaleria e descubra as propostas da Alberto Oculista, apresentadas pela actriz Juliana Paes, embaixadora da marca. Brasileira com ascendência portuguesa, Juliana Paes é uma figura reconhecida e acarinhada pelo público nacional, graças à sua participação nas novelas “Gabriela”, “Caminho das Índias” e mais recentemente “A Dona do Pedaço”. A actriz esteve na ilha da Madeira para a gravação da campanha da Alberto Oculista.

Óculos há muitos: 5 regras para escolher óculos escuros

Mas para que um par de óculos favoreça o estilo de cada um não basta seguir as tendências da moda. Há, sim, que saber usá-las para evidenciar pontos fortes ou atenuar as desarmonias de cada rosto. No momento de escolher os óculos de sol ideais, tenha em mente estas cinco regras de ouro:

1 - O formato do rosto determina

A primeira regra a seguir é a do formato do rosto. Quem tem a face redonda beneficia de óculos rectangulares ou quadrados. Pelo contrário, como o objectivo é suavizar os traços excessivos, os rostos mais angulosos (quadrados ou rectangulares) saem favorecidos com armações arredondadas ou ovais. As faces triangulares ou em forma de coração ficam melhor com armações simples, finas, com aros completos e redondos, ovais ou cat eye. E porque o importante é gerar equilíbrio, quem tem um rosto pequeno pode optar por óculos grandes e vice-versa. Por seu turno, os rostos ovalados adaptam-se bem à maior parte das armações.

2 – Repare nas sobrancelhas

Fundamentais, mas muitas vezes esquecidas na hora de escolher uns óculos escuros, as sobrancelhas são um ponto a considerar. O desenho e a distância entre as sobrancelhas e os olhos influenciam a escolha das armações, já que o aro superior pode, ou não, ocultar a sobrancelha, afectando o resultado final.

3 – Protecção contra os raios ultravioletas

Os óculos escuros não são todos iguais e, mesmo que sigam as últimas tendências da moda, podem não ser os melhores para a sua visão. É imprescindível que as lentes contenham protecção contra os raios ultravioletas, caso contrário podem até fazer mais mal que bem. Informe-se junto do seu conselheiro de visão e compre sempre os óculos escuros em estabelecimentos especializados.

4 – Com graduação ou não

É possível usar óculos escuros graduados, mas nem todas as armações são adequadas. Se o objectivo é este, então deve aconselhar-se com o seu especialista de visão, de forma a perceber quais os modelos que permitem a adaptação.

5 – A importância da cor

As cores das lentes dos óculos escuros podem variar e importa perceber as diferenças antes de tomar uma decisão. As lentes mais escuras (pretas ou cinzentas) reduzem o brilho, mantendo as cores verdadeiras, sendo adequadas à condução. As lentes castanhas são eficazes em condições de luz variável e permitem uma boa noção de contraste, constituindo uma boa opção para quem conduz ou pratica actividades ao ar livre. Quanto às lentes amarelas, são especialmente indicadas para os dias nublados, pois não reduzem muito o brilho, mas ajudam a melhorar o contraste. As lentes verdes adaptam-se ao uso diário, pois ajudam a reduzir o brilho e tornam as sombras mais brilhantes. Já as lentes cor-de-rosa também aumentam o contraste e ainda melhoram a noção de profundidade. As lentes azuis ou roxas não são excelentes na redução do brilho, mas diminuem os reflexos.