Estado pagou 19,4 milhões para as farmácias venderem genéricos

A Associação Nacional das Farmácias diz que é preciso rever modelo de incentivos pagos pelo Estado. Perda de receitas ronda os 52 milhões de euros. Governo diz que não está actualmente prevista nenhuma renegociação.

Droga farmacêutica
Foto
Serviço Nacional de Saúde e utentes pouparam 825,8 milhões de euros em dois anos Direitos Reservados

Entre Janeiro de 2017 e Março de 2019, as farmácias receberam 19,4 milhões de euros por dispensarem medicamentos genéricos. Este valor foi pago ao abrigo do novo regime de incentivos do Governo para aumentar a quota destes remédios, que entrou em vigor em Janeiro de 2017, altura em que o Estado passou a pagar às farmácias 35 cêntimos por cada embalagem de genéricos dispensada.