DR
Foto
DR

Megafone

Ser Voluntário... na Gap Year Portugal

Queres fazer voluntariado mas não sabes por onde como começar? A rubrica Ser Voluntário dá uma ajuda.

Segundo o Inquérito Piloto ao Trabalho Voluntário, realizado em 2012, cerca de 12% da população residente com 15 ou mais anos tinha feito nesse ano voluntariado ou participado em acções de voluntariado. Um número, contudo, abaixo da média da União Europeia, que se situava nos 24%. Cada vez mais pessoas querem começar a realizar voluntariado regularmente, mas a questão muitas vezes colocada é: Por onde começar? Nós damos uma ajudinha.

Área geográfica: Lisboa
Tema: Consciencialização e apoio ao gap year​

A Gap Year Portugal é a organização responsável por consciencializar o nosso país para o conceito de gap year (ou ano sabático). Entende-se por gap year um período de pausa, normalmente antes do ingresso no ensino superior ou no mercado de trabalho, que cada um pode usa para tomar decisões mais conscientes sobre si mesmo e o seu futuro.

Neste sentido existem uma série de possibilidades possíveis para esta pausa, desde experimentar estágios, voluntariado ou cursos superiores, aprender línguas, viajar e conhecer culturas. Existem vários exemplos de como tornar este num ano de reflexão mas o importante a reter é que este seja um tempo onde se possa ter experiências proveitosas para o desenvolvimento pessoal, permitindo promover escolhas mais conscientes sobre o futuro pessoal e profissional e, assim, contrariar estatísticas como a que refere que 29% dos alunos do ensino superior desistem logo no primeiro ano, segundo um estudo da Direcção-Geral de Estatística da Educação e Ciência.

Assim, a Gap Year Portugal é composta por uma equipa de mais de 40 voluntários que trabalha para que todos os jovens possam realizar um ano de pausa feito por eles e para eles. Um ano em que jovens quebram com a rotina e saem da sua zona de conforto.

A associação tem como missão tornar o gap year uma possibilidade para os jovens portugueses, mostrando que nem todos têm de seguir o mesmo caminho. Acreditam numa geração “mais”: mais humana, mais capaz, mais activa, mais autónoma e mais consciente sobre o futuro. Para passar do plano à prática, têm uma equipa preparada para apoiar os jovens que queiram começar o seu gap year.

Qual o impacto da associação Gap Year Portugal?
Um dos pilares da associação é o apoio e no último ano lectivo (2017/18) a associação ajudou cerca de 400 jovens, dos quais 90 se tornaram gappers e partiram para experiências incríveis naquele ano. Neste ano lectivo (2018/19) os números estão a subir e em meio ano já estão a acompanhar mais de 80 gappers, que ainda irão partir em gap year nos próximos meses.

O que precisam de ti?
A Gap Year Portugal está à procura de pessoas resilientes, proactivas e que vêem o gap year como um motor de mudança. Há áreas que queres experimentar ou skills que queres desenvolver? Este é o momento e o local para colocares os teus conhecimentos à prova, deitares mãos à obra e descobrires do que realmente gostas.

Até 24 Fevereiro, existem vagas para integrar os departamentos de storytelling, multimédia, fundraising, gestão de projectos e design gráfico, em regime de voluntariado. Cada departamento tem a sua missão e é uma peça essencial para tornar o gap year numa realidade no nosso país. Enquanto uns lutam por financiamento dos projectos, outros comunicam as oportunidades e alguns ainda ajudam directamente os futuros gappers, mas apenas todos juntos são capazes de cumprir a missão da associação.

Não são exigidos conhecimentos técnicos nas áreas propostas (apesar de ser um factor tido em conta), mas sim vontade de aprender e esforço por fazer mais.

Quando precisam de ti?

  • Disponibilidade: presença nas reuniões (uma a duas vezes por semana) e um total de seis horas semanais. Todo o trabalho da associação se define em equipa, pelo que a presença nas reuniões é essencial para que haja sempre sintonia.