Arquitectura

Viana do Castelo: um pavilhão desportivo a lembrar o mar

João Morgado
Fotogaleria
João Morgado

Chama-se Pavilhão do Atlântico e foi inaugurado na última semana, em Viana do Castelo, pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues. A obra, que exigiu um investimento de 1,3 milhões de euros, localiza-se numa avenida orientada ao mar — e é no mar que se inspira. O gabinete Valdemar Coutinho foi o responsável pelo projecto, pensado numa linguagem dualista: um desenho formal e uma organização funcional.

É essa uma das duas características mais importantes, a par do acabamento do pavilhão: "betão aparente e placagem em pedra grampeada cinza-azulada". Criou-se assim a ligação do edifício ao Oceano Atlântico, também presente no painel de azulejos do artista plástico Mário Rocha, com alusões a crustáceos e algas das praias da cidade.

Com uma superfície de prática desportiva de 650 metros quadrados — essencialmente para voleibol e basquetebol —, o novo pavilhão municipal dará também apoio à Escola Básica 2/3 Pedro Barbosa.

João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
João Morgado
Sugerir correcção