Minas

De fato-macaco e unhas pintadas a escavar a terra

Adriano Miranda/Público
Fotogaleria
Adriano Miranda/Público

Até há dois meses, e por causa de um decreto assinado por Salazar, era proibido às mulheres executar trabalhos subterrâneos em explorações mineiras. Uma lei que poucos conheciam e que, na Somincor, nunca foi acatada. Porque não é preciso ser homem para conduzir um camião de 60 toneladas, e porque o trabalho mineiro que já não se faz de picareta na mão, nem a rastejar por galerias. Descida ao fundo da mina de Neves Corvo para conhecer as mulheres que trabalham nas entranhas da terra

Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público