Celebridades

Kylie Jenner, capa da Forbes, vale 900 milhões de dólares

A jovem empresária e estrela de reality show poderá tornar-se a pessoa mais nova de sempre a criar uma fortuna própria de mil milhões de dólares, de acordo com a revista.
Foto
Instagram, @kyliejenner

Kylie Jenner, a irmã mais nova das Kardashians, tem uma fortuna avaliada em 900 milhões de dólares (766 milhões de euros), segundo a Forbes. De acordo com a revista, a empresa de cosmética que a jovem começou há cerca de dois anos, a Kylie Cosmetics, valerá, numa estimativa "conservadora", perto de 800 milhões de dólares. Além disso, Jenner factura ainda vários milhões com o reality  show que já corre há mais de dez anos e com os lucrativos contratos de publicidade que tem com marcas como a Puma ou a PacSun.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Em Agosto do ano passado, a Women's Wear Daily tinha já noticiado os dados de facturação dos primeiros 18 meses da Kylie Cosmetics, revelados à revista pela própria Jenner: 420 milhões de dólares (aproximadamente 359 milhões de euros). A revista mencionava ainda um crescimento previsto de 25% para o resto do ano de 2017, com vendas na ordem dos 386 milhões de dólares, indicando que a empresa poderia atingir os mil milhões de dólares de facturação em 2022.

Kylie é neste momento dona de 100% da empresa, escreve a Forbes, sendo que a este ritmo poderá tornar-se, com mais um ano de crescimento, a pessoa mais nova de sempre a criar uma fortuna própria de mil milhões de dólares, superando o próprio Mark Zuckerberg, que ultrapassou este marco aos 23 anos. Jenner tem 20 anos e faz 21 em Agosto. Foi mãe de uma menina, pela primeira vez, no início do ano, Stormi.

Em comparação, a Forbes estima que a sua meia-irmã, Kim Kardashian – ambas filhas de Kris Jenner –, tenha uma fortuna de 350 milhões de dólares.

Catapultando a popularidade nas redes sociais e a fama dos seus lábios cheios – que depois de meses de especulação admitiu terem enchimentos –, Kylie Jenner começou a empresa de cosmética apenas com os lip kits, um kit com um batom líquido e um risco para os lábios a condizer. Depois de uma produção inicial que esgotou em poucos segundos e de outros sucessivos lançamentos nos primeiros tempos que foram também esgotando, a empresa cresceu a um ritmo acelerado. Desde então, já expandiu para outras categorias de maquilhagem como, por exemplo, sombras; bem como para colecções em colaboração com as suas três meias-irmãs. 

Actualmente, a Kylie Cosmetics tem apenas sete empregados a tempo inteiro e mais cinco em part time, de acordo com a Forbes. De resto, a produção está entregue a empresas em regime de outsourcing, Shopify e a Seed Beauty que, entre as duas têm cerca de 500 trabalhadores dedicados à Kylie Cosmetics. Quanto à gestão do negócio e relações públicas são da responsabilidade da mãe, Kris Jenner, que recebe uma comissão de 10% pela gestão das carreiras de todas as cinco filhas.

No domingo, Jenner comentou no Instagram que tinha retirado o enchimento dos lábios. Coincidência ou não, no dia seguinte, anunciou que a sua marca de cosméticos, a Kylie Cosmetics, vai lançar no final da semana uma colecção de Verão.