“Sou mulher e cigana. Existo e resisto”

Maria Gil, actriz e activista, fala sobre a fronteira permanente em que vive enquanto mulher de etnia cigana, entre a discriminação contra as suas comunidades e a opressão que as mulheres sofrem dentro e fora da sua cultura.

Foto
Facebook de Maria Gil

Nesta semana, conversei com Maria Gil para descobrir mais sobre a sua história de vida como "mulher e cigana e feminista", que "existe e resiste" numa encruzilhada de identidades.

O podcast Do Género também está disponível no iTunes, no Soundcloud e nas apps para podcasts. Descubra mais podcasts do PÚBLICO em publico.pt/podcasts.