António Domingues: "Não partilhei SMS com ninguém"

Ex-presidente da Caixa nega ter mostrado mensagens a Lobo Xavier.

Foto
LUSA/NUNO FOX

O ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos António Domingues afirmou nesta sexta-feira que não partilhou as suas mensagens escritas de telemóvel com ninguém, dizendo não serem verdadeiras algumas considerações que foram feitas na praça pública sobre este tema.

Questionado pelo deputado do PCP Miguel Tiago - que foi o único a trazer a matéria dos SMS à audição parlamentar de António Domingues - se teria partilhado as suas mensagens telefónicas com o comentador televisivo António Lobo Xavier, o anterior presidente do banco público negou.

"Eu não partilhei SMS com ninguém, quem conhece os meus SMS são os meus interlocutores e eu", assegurou, dizendo que afirmações que surgiram na praça pública sobre o conteúdo destas mensagens "não é verdade".

António Domingues foi ouvido na segunda comissão parlamentar de inquérito que visa esclarecer a actuação do actual Governo sobre a nomeação e demissão da anterior administração da Caixa, liderada por António Domingues.

Esta é a primeira audição da segunda comissão de inquérito à Caixa, pedida potestativamente (de forma obrigatória) por PSD e CDS-PP, que tem como um dos pontos centrais apurar se "é verdade ou não que o ministro [das Finanças] negociou a dispensa da apresentação da declaração de rendimentos [de António Domingues]", o que tem sido negado por Mário Centeno.

Sugerir correcção