Exposição

A fantasia em cartão do “baby show(er)” de Catarina Monteiro

Fotogaleria

Casinhas de pássaros, nuvens que pingam em móbiles ternurentos, ursos apreciados por passarinhos. São 24 as peças exclusivas criadas pela artista urbana Catarina Monteiro para uma colecção de papel, cartão e tecido pensada para povoar os quartos dos mais pequenos. Neste Baby Show(er) — com encontro marcado na Cartune Store, na Praça de Londres, em Lisboa —, onde tudo deverá lembrar as festas de boas-vindas à chegada dos bebés, a artista, conhecida por Glam no mundo da "street art", vai apresentar as suas construções entre as 18 e as 21 horas de 2 de Junho, quinta-feira. Lisboeta com 30 anos, Catarina Monteiro pinta as ruas da capital e de outras cidades há mais de 15, num cruzamento entre graffiti e ilustração, e foi uma das responsáveis pela nova cara da Quinta do Mocho, em Loures, através do projecto “O Bairro i o Mundo”. No trabalho dela — já apresentado no P3, com as esculturas de papel, os bonecos recortados e uma fábrica de “kings” e “toys” — sobressai a utilização de cartão e tecidos, materiais quase sempre reciclados.

Sugerir correcção