Arquitectura

Arquitectura: Casa das Nogueiras, um coberto reinventado

Fotogaleria

Voltada para uma eira e com vista para o mar, a Casa das Nogueiras já foi um coberto onde se guardavam instrumentos agrícolas e cereais, servindo de apoio a uma casa principal. Fica em Viana do Castelo e foi recuperada por dois arquitectos — Sofia Parente e André Delgado — que, recentemente, formaram o estúdio Par-Do. A construção, em pedra, foi transformada em edifício de habitação com dois andares de 50 metros quadrados. Madeira em tons claros, paredes brancas e uma caixa multi-funções pensada para rentabilizar o espaço. "Os materiais escolhidos enfatizam a luminosidade e o ambiente neutro das áreas abertas", sublinharam os arquitectos citados pelo site Dezeen. O processo de reabilitação demorou três anos e teve como ponto de partida "as paredes limítrofes pré-existentes, às quais se adicionou a estrutura do primeiro piso e um volume multifuncional afastado das paredes que participa de todos os espaços", lê-se no site do Par-Do.

Sugerir correcção