Angola

"Quero que ele saiba que tem um pai"

“Éramos miúdos, fizemos o que fizemos, o que fizemos está feito”. O ex-furriel António Bento conta que, quando regressaram a Portugal, muitos militares “sabiam ou tinham a noção de que tinham feito lá um filho mas preferiram esquecer". "Eu não consegui fazer isso”. Quarenta anos depois foi a Angola para o conhecer.

Sugerir correcção