Lopetegui assina por três anos pelo FC Porto

Pinto da Costa apresentou treinador espanhol em que deposita "a máxima confiança" para fazer regressar os "dragões" aos títulos.

Fotogaleria
Pinto da Costa frisou a "máxima confiança" depositada no técnico espanhol Miguel Nogueira
Fotogaleria
Miguel Nogueira
Fotogaleria

Depois da especulação da véspera, o FC Porto apresentou nesta terça-feira o novo treinador, o espanhol Julen Lopetegui. O antigo treinador das selecções jovens de Espanha assinou um contrato válido por três temporadas.

A missão de Lopetegui à frente dos “dragões” foi revelada por Pinto da Costa. "Queremos continuar a perder de vez em quando e não a ganhar de vez em quando", disse o presidente dos "dragões", durante a conferência de imprensa.

Pinto da Costa frisou a "máxima confiança" depositada no técnico espanhol e por isso a decisão de oferecer um contrato de válido por três anos. A equipa técnica vai integrar Rui Barros, "um homem da casa", explicou ainda o presidente do FC Porto.

O ainda treinador do FC Porto, Luís Castro, mereceu uma palavra de apreço de Pinto da Costa, que elogiou a "coragem" do técnico durante a sua passagem pela equipa principal. Castro irá regressar ao comando da equipa B do clube na próxima época.

Lopetegui foi saudado por Pinto da Costa que o apresentou como um treinador com "uma carreira vitoriosa". Enquanto esteve à frente dos escalões jovens da selecção esapanhola, Lopetegui venceu os títulos europeus de sub-19 (2012) e sub-21 (2013).

A ideia de contratar Lopetegui nasceu "há várias semanas", disse Pinto da Costa, que garantiu que não contactou mais nenhum outro treinador. "Disse-lhe [a Lopetegui] que era a primeira, a segunda e a terceira opção para o Porto", afirmou o presidente dos "dragões".

Pinto da Costa aproveitou ainda para deixar um recado a "muita gente hostil ao Porto", garantindo que as críticas são um "estímulo". "Estou preparado e com espírito como se fosse iniciar novos 32 anos à frente do FC Porto", afirmou aos jornalistas.

Para o treinador de 47 anos, o novo desafio é "um prazer, um orgulho e uma responsabilidade muito grandes". Lopetegui não quis falar ainda de reforços em virtude do jogo para o campeonato que ainda falta disputar, no próximo sábado, frente ao Benfica.

"Vamos fazer todos os possíveis para que este clube volte a ganhar", disse o treinador basco.

Guarda-redes formado na Real Sociedad, Lopetegui passou pelo Real Madrid, Logroñes, Barcelona e Rayo Vallecano. Em 1994 fez parte das escolhas de Javier Clemente para o Mundial disputado nos EUA.

Iniciou a carreira de treinador em 2003-04, no Rayo Vallecano, tendo também passado pela equipa B do Real Madrid antes de, em 2009, ficar vinculado à Federação espanhola.