Nuno Serrão perseguiu as Perseidas

Fotogaleria

Agosto é mês de estrelas cadentes: anualmente repetem-se as notícias sobre o fenómeno, visível a olho nu em zonas com pouca (ou nenhuma) iluminação artificial. É só deitar no chão e olhar para cima ou, então, fazer como Nuno Serrão. Este criativo perseguiu as Perseidas na madrugada de domingo, 11, para segunda-feira, 12. Com uma Canon 5dMKII + 15-35 LII e a ajuda de iluminação no chão e nos objectos — recorrendo a luzes exteriores (LED's) —, Nuno fez exposições de dez segundos. Assim se explica o efeito nas imagens desta fotogaleria, onde as Perseidas interromperam a sua viagem momentaneamente.

Sugerir correcção