Académica começou bem e acabou mal na República Checa

Foto
Foto: Michal Cizek/AFP

Wilson Eduardo ficará para a história como o jogador que, 41 anos depois, voltou a inscrever o nome da Académica na galeria dos golos europeus. Aos 19', o avançado português beneficiou de uma boa arrancada de Salim Cissé e inaugurou o marcador.

O primeiro lance de perigo da equipa portuguesa resultou em golo, mas o Viktoria Plzen não se deixou abater. De forma menos esclarecida até ao intervalo tentou a sua sorte e regressou dos balneários com a lição estudada para virar o rumo dos acontecimentos.

Aos 47', Horváth aproveitou um pontapé de canto para atrapalhar o guarda-redes Ricardo com um cabeceamento que resultou no 1-1. Dez minutos depois do erro do guardião português (um lance que deixou os conimbricenses a reclamarem falta), Limbersky surgiu pela esquerda e cruzou para a cabeça de Duris, que foi tão eficaz como o capitão de equipa. Em poucos minutos, operava-se uma cambalhota no marcador.

Pedro Emanuel ainda tentou reagir, lançando o goleador Edinho, mas seria o Viktoria Plzen a chegar ao golo novamente, aos 80'. E outra vez de cabeça. Marek Hanousek cruzou e Rajtoral facturou. Estava fechado o primeiro capítulo da aventura europeia da Académica.

Ficha de jogo

Viktoria Plzen, 3 Académica, 1

Jogo na Doosan Arena, em Plzen (República Checa).Cerca de 10.000 espectadores.

Viktoria Plzen

Kozacik, Reznik, Prochazka, Cisovsky, Limbersky, Horvath, Rajtoral (Malakyan, 90+2), Hora (Zeman, 61), Darida, Hanousek e Duris (Fillo, 76).

Académica

Ricardo, Rodrigo Galo, Halliche (Bruno China, 49), Reiner Ferreira, Nivaldo, Mekelele (Edinho, 73), Flávio Ferreira, Keita (John Ogu, 63), Marinho, Cissé e Wilson Eduardo.

Árbitro

Hannes Kaasik (Estónia).

Amarelos

Halliche (21), Horvath (49), Cissé (50)

Golos

0-1, Wilson Eduardo, 19'


1-1, Horvath, 47'


2-1, Duris, 58'


3-1, Rajtoral, 80'


Sugerir correcção
Comentar