Galeria

"Street art": vamos pintar o "orelhão"?

Nacho Doce / Reuters
Fotogaleria
Nacho Doce / Reuters

Há com espelhos, em forma de peixe e de cérebro ou com livros dentro: estão espalhadas pelo meio da cidade de São Paulo e lá dentro há um telefone público. São 100 as cabines telefónicas decoradas por 100 artistas brasileiros para a exposição de "street art" "Call Parade", em São Paulo, no Brasil. O "orelhão", ícone da cultura popular brasileira, diz a organização da "Call Parade", caiu em desuso com a massificação dos telemóveis. A intervenção quis chamar a atenção de quem passa e deve ter conseguido: há coisa mais fotogénica do que dois pandas lado a lado no meio da cidade?

Nacho Doce / Reuters
Bruno Domingos / Reuters
Bobby Yip / Reuters
Nacho Doce / Reuters
Nacho Doce / Reuters
Nacho Doce / Reuters
Nacho Doce / Reuters
Nacho Doce / Reuters
Reuters
Reuters
Nigel Roddis / Reuters
Eddie Keogh / Reuters
Sugerir correcção