Dois dirigentes desportivos e dois árbitros detidos em Tondela e Castro Daire

Foto
PUBLICO.PT

Segundo o comandante Almeida Campos, o comando de Viseu da PSP recebeu a denúncia de que "iria haver transacção de dinheiro entre dirigentes desportivos e árbitros", tendo de imediato montado uma operação.

Os agentes policiais encontraram-nos "na altura em que os dirigentes desportivos passavam o dinheiro para os árbitros", fora dos carros, próximo de Tondela e de Castro Daire, contou.

Almeida Campos disse que o árbitro detido em Tondela "tinha a esposa dentro do carro, que foi com ele receber o dinheiro e só não foi detida por se encontrar grávida".

O primeiro interrogatório judicial dos suspeitos está marcado para hoje de manhã, nas comarcas de Tondela e de Castro Daire.

Almeida Campos explicou que, "como a denúncia foi feita pouco tempo antes da transacção, não houve tempo de dar conhecimento à Polícia Judiciária".

Sugerir correcção
Comentar