Página 1

Jornal digital da Renascença poderá ter edições semanais e temáticas

Foto
PUBLICO.PT

O jornal online lançado ontem pela Rádio Renascença, chamado Página 1, poderá vir a ter edições semanais e temáticas, disse hoje à Lusa o presidente do conselho de gerência do grupo, João Aguiar Campos.

O projecto editorial, que é disponibilizado em formato pdf (que permite uma impressão em formato de jornal), tem duas edições diárias — uma às 12h30 e outra às 17h30, com as notícias mais importantes da actualidade.

"Gostaria que o projecto evoluísse num futuro mais ou menos próximo, e a par das duas edições diárias com um carácter mais generalista, desenvolvesse um formato semanal e temático", disse João Aguiar Campos.

O jornal Página 1 está disponível no portal da Rádio Renascença desde ontem, estando previsto o envio gratuito para o e-mail dos utilizadores que subscreverem o serviço.

Aposta na Internet

A Renascença quer também adoptar a Internet como uma nova plataforma de comunicação para chegar ao público, apostando em mostrar imagens dos programas da emissora e na formação de jornalistas multimédia, disse também João Aguiar Campos.

"O grupo encara a Internet como uma outra plataforma de comunicação", prosseguiu o responsável.

Assim, o grupo Renascença vai começar a preparar, nos próximos tempos, jornalistas multimédia "de maneira a que sejam capazes de lidar com estas diversas ferramentas".

O responsável justificou que os actuais jornalistas do grupo "estão preparados, adequados e rotinados para linguagem radiofónica" e que estes diversos meios vão implicar formação "para que a mensagem seja codificada noutras linguagens".

Para Aguiar Campos, "a Internet traz à rádio diversas vantagens e uma delas é terminar com o limite desse bem tão escasso que é [o número de licenças de] frequências", salientou.

"O grupo Renascença como rádio está no limite da sua capacidade de se expandir nas frequências que possa ainda adquirir, mas há sempre esta possibilidade de termos outros produtos, outra oferta e outro desenvolvimento", referiu.

Canal de rádio para maiores de 54 anos

João Aguiar Campos está também a preparar a criação da quarta estação nacional de rádio da empresa, que será vocacionada para o público com idades superiores a 54 anos..

Em Outubro do ano passado, este responsável tinha admitido que a emissora católica estava a ponderar o desenvolvimento de um projecto vocacionado para o público com mais de 54 anos, para compensar o processo de rejuvenescimento do canal Renascença, mas, na altura, não quis avançar mais pormenores.

Ainda sem nome escolhido nem data de lançamento definida, o projecto estará pronto até final do ano.

"Já temos definido o público-alvo, agora queremos que a definição do formato e dos suportes seja rápida, realista e consistente", explicou João Aguiar Campos.

A nova marca irá utilizar os oito estúdios regionais da Renascença, que, actualmente, emitem programação própria de segunda a sexta-feira, entre as 14h00 e as 18h00.

Sugerir correcção