• Grupo que é visto como o braço sírio da rede terrorista derrotou principais rivais na única província sob controlo rebelde. Ofensiva do regime é agora mais provável.

  • Forças do regime de Bachar al-Assad conquistaram Al-Soukhna, última localidade controlada pelo Estado Islâmico na província central de Homs

  • Entre os 35 migrantes, sete são crianças e dez são mulheres. São provenientes do Iraque, da Síria e da Palestina.

  • Observatório Sírio dos Direitos Humanos corrobora informação divulgada por uma televisão iraquiana. Jihadistas terão finalmente ordens para falar da perda do líder, um dia depois da queda de Mossul.

  • O modelo federal arquitectado pela ocupação americana, sob a base de uma partilha de poder entre sunitas, xiitas e curdos, colapsou e sem um inimigo único a violência sectária ameaça reacender-se.