Trabalho e emprego

Todos os tópicos

São mais 8.365 postos de trabalho face a Junho de 2016. Aumento no Ministério da Administração Interna, face a Março, decorre de novos contratos a termo de vigilantes da floresta na GNR para a prevenção de incêndios durante o Verão. Na Justiça, do recrutamento de guardas prisionais

  • São mais 8.365 postos de trabalho face a Junho de 2016. Aumento no Ministério da Administração Interna, face a Março, decorre de novos contratos a termo de vigilantes da floresta na GNR para a prevenção de incêndios durante o Verão. Na Justiça, do recrutamento de guardas prisionais

  • Num momento de melhoria generalizada nas condições do mercado de trabalho português, há indicadores que vão mostrando maior resistência à mudança.

  • Economia portuguesa criou mais 102 mil empregos, prolongando, num segundo trimestre tradicionalmente beneficiado por factor sazonais, a tendência positiva que se vive no mercado de trabalho.

  • Economia portuguesa criou mais 102 mil empregos durante o segundo trimestre do ano, um período em que, por causa do início do Verão, os resultados são normalmente mais positivos.

  • Taxa de desemprego foi de 9,2% em Maio e poderá, de acordo com os primeiros dados provisórios, ter voltado a cair para 9% em Junho.

  • A administração e a Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa já chegaram a um pré-acordo sobre os horários de trabalho por turnos devido ao aumento de produção da fábrica de Palmela, revelou hoje à agência Lusa fonte da empresa.

  • Comentador disse saber que INE irá divulgar na próxima sexta-feira um desemprego de 9,4% em Maio. INE não gostou e garante que esse resultado até já tinha sido publicado.

  • Regulamento eleitoral foi publicado nesta quarta-feira e entra em vigor amanhã. Prazos atiram eleições para meados de Setembro.